Matérias

Alerta para risco de complicações oculares após uso de pomadas m

Alerta para risco de complicações oculares após uso de pomadas m

ALERTA À POPULAÇÃO

Desde as festas de fim de ano, voltou a aumentar o número de relatos de pacientes que associam graves prejuízos oculares ao uso de pomadas capilares para modelar e fixar penteados. Relatos recentes que circulam em redes sociais e ambientes hospitalares associam reações, como cegueira temporária, irritação e sensação de queimadura nos olhos, ao uso de pomadas modeladoras de diferentes marcas e fabricantes, o que indica a necessidade de atenção pelos consumidores à composição química desses produtos. O alerta é do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), que divulgou orientações à população para evitar esse tipo de problema.

ACESSE A NOTA NA ÍNTEGRA

De acordo com o CBO, fórmulas que contam com metilcloroisotiazolinona (MCI) e metilsotiazolinona (MI) - ambos compostos químicos utilizados em cosméticos dessa natureza - são uma ameaça à visão. Esses conservantes contêm elementos tóxicos à pele e mucosas, podendo causar alergias e queimaduras nos olhos e na pele, além de toxicidade pulmonar e neurotoxicidade. Nos olhos, estes compostos químicos podem provocar blefarites (inflamações das pálpebras), conjuntivites (inflamação da conjuntiva) e ceratites (úlceras de córnea), bem como o grave comprometimento da visão.

A presidente do CBO, Wilma Lelis, considera o alerta da entidade um serviço de interesse público. “O Conselho Brasileiro de Oftalmologia congrega os especialistas dessa área e tem acompanhado atentamente problemas que afetam a saúde ocular da população. As orientações que emitem são baseadas em fortes evidências científicas, oferecendo maior segurança sobre como prevenir e tratar eventuais transtornos. Por isso, são importantes para pacientes, familiares e os próprios oftalmologistas”, disse.

Sérgio Kwitko, membro do CBO e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Córnea (SBC), elencou uma série de cuidados. Segundo ele, a primeira medida de proteção é consultar os rótulos das embalagens dos produtos, descartando a compra ou uso daqueles que possuem MCI e MI em suas fórmulas. A relação de produtos que não contém essas substâncias foi disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). CLIQUE AQUI PARA CONFERIR.

Se mesmo diante do risco, a pessoa insistir em sua aplicação, Kwitko faz algumas recomendações. Ele afirma que se deve evitar usar o produto nas áreas próximas aos olhos e ficar atento à possibilidade de o produto escorrer quando em contato com a água ou suor. Em casos de reações oculares adversas, deve-se lavar imediatamente a região afetada com soro fisiológico e procurar atendimento médico com urgência, de preferência com oftalmologista.

Preocupado com a situação e os danos causados, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia reitera junto aos órgãos responsáveis que reforcem a fiscalização sobre a comercialização dos produtos não autorizados pela Anvisa. Pede também que as empresas fabricantes sejam obrigadas a inserirem nas embalagens alertas claros e didáticos sobre os riscos à saúde que o contato com esses produtos pode gerar.

“Todos os meios de proteção à saúde individual e coletiva devem ser esgotados para que sejam evitados prejuízos maiores. A população não pode ficar à mercê de produtos irregulares, correndo o risco de desenvolver problemas oculares. Cabe à Vigilância Sanitária a adoção de medidas urgentes”, ressaltou Cristiano Caixeta Umbelino, membro do Conselho de Diretrizes de Gestão (CDG), ligado ao CBO.

 

360° Comunicação Integrada

Assessoria de imprensa do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO)

Contatos: (84) 98627-6893 – Francisco | (61) 98144-2628 - Paulo Henrique

E-mail: [email protected]

 

Talvez te interesse também:

 
Quando é importante fazer um exame de refração?

Matérias

Quando é importante fazer um exame de refração?

O cuidado com a visão é algo que deve ser priorizado ao longo de toda a vida. Afinal, ela é vital não só para contemplar o mundo ao redor...

Dia Mundial da Visão - Um dia em que entidades de inúmeros países se mobilizam para falar sobre a sa

Matérias

Dia Mundial da Visão - Um dia em que entidades de inúmeros países se mobilizam para falar sobre a sa

O Dia Mundial da Visão é comemorado todos os anos na segunda quinta-feira de outubro e fomenta ações de conscientização...

Você já ouviu falar em Toxoplasmose Ocular?

Destaques

Você já ouviu falar em Toxoplasmose Ocular?

Prevenir é sempre o melhor remédio...

Top